segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Quando nossos ídolos são de areia... (reflexões sobre expectativas de amizade)

Quando nossos ídolos são de areia a frágil brisa os conduz para longe...
Quando nossos ídolos são de areia a mais tênue das ondas os desmorona...
Quando nossos ídolos são de areia, as palavras não sustentam as atitudes...

Bom mesmo se eles pudessem ser de titânio... a eternidade duraria mais que um sopro!
Os gestos engrandeceriam suas almas...
As palavras durariam além do sucumbir do sol!
Durariam muito além do que podemos enxergar!
Muito além do que podemos imaginar!

Essas últimas semanas caí em estado meditativo. Pensei no mundo e nas coisas do mundo!
Pensei nos afetos, o quanto esperei demais deles...
Pensei nas amizades.
Pensei o quanto me inspirei em simulacros...
O quanto acreditei em devires ocos
Mas eu não enxergava!
Eu não via nada além de uma casca que parecia sólida... rizoma... multitude... vida...

Ah, vida! A multidão era areia, aquela onda a levou para longe demais!
Será que algum dia ela esteve perto?! Ou a minha imaginação e meu desejo a tornou inteligível?!
Não sei!
Sabe, o mundo costuma operar em dicotomias.
Dicotomias que homogenizam experiências;
Cis x Trans - Homo x Hétero - Preto x Branco - Pobre x Rico - Norte x Sul...
Poder... Poder... Poder...

Há singularidades em experiências não-hegemônicas que não as romantizadas nos livros de filosofia ou de antropologia?!
Certamente o outro permanecerá ecoando seu status quo se esse outro não lutar por si só, por rupturas pragmáticas!
Vida...Voz... Ação... validação!
Vidas menores...
Kafka nos alertou: "a solidariedade é o sentimento que melhor expressa o respeito pela dignidade humana"
A dignidade é cis!
A palavra só é validada se for cis - cis!
Para iguais os horizontes...
Para os demais, nada além de um castelo de areia...

As amizades são complexas!
Podem ser frágeis como bonecos de areia!
Podem ser grandiosas como o sol!
Muitas vezes são simulacros de algo idealizado e distante!
Quando nossos ídolos são de areia a frágil brisa os conduz para longe...
Quando nossos ídolos são de areia a mais tênue das ondas os desmorona...
Quando nossos ídolos são de areia, as palavras não sustentam as atitudes...
Quando nossos ídolos são de areia...



Nenhum comentário:

Postar um comentário